Mais uma etapa do Mutirão do Glaucoma foi realizada neste sábado (27/05) em Pedreiras, na Unidade Básica de Saúde Dr. Carlos Melo.  A ação é uma parceria da Prefeitura de Pedreiras, por meio da Secretaria Municipal de Saúde com o Governo do Estado, direcionado às pessoas que fazem parte do grupo de risco, que tenham idade acima de 40 anos, portadores de alta miopia, diabéticos, hipertensos e pacientes ou que já tenham casos semelhantes na família.

O mutirão faz parte do Programa do Glaucoma, gerenciado pelo Governo do Estado em parceria com o Hospital da Visão, com o atendimento realizado por um médico e três auxiliares, que fazem aferição da pressão ocular, avaliação e em alguns casos, aplicação de medicamentos, para aqueles que estão fazendo retorno. Segundo a Coordenação da Estratégia Saúde da Família – ESF, da Secretaria Municipal de Saúde, foram atendidas 161 pessoas e detectados casos de glaucoma em 107 delas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o glaucoma é responsável por 10% dos casos de cegueira. A doença é ocasionada pelo dano no nervo óptico devido ao aumento da pressão nos olhos. Estima-se que entre 2% e 3% da população brasileira acima de 40 anos possam ter a doença, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Doenças como diabetes, hereditariedade, miopia e lesões oculares são as principais causas do glaucoma.

Para Maria de Fátima Oliveira, 63 anos, moradora do Bairro Mutirão, a ação foi positiva. “Já é a terceira vez que venho, porque estou recebendo o acompanhamento de 3 em 3 meses, para receber os medicamentos e fazer o retorno, e estou sentindo melhoras na minha vista”, disse.